Empreendedoras se unem para resgatar e levantar a autoestima das mulheres

Tempo de leitura: 2 minutos –

Em Goiânia as empreendedoras Amanda Deyvis e Natália Ferreira desenvolveram o projeto “Se enxerga, mulher!”, com o objetivo de incentivar o amor próprio e elevar a autoestima das mulheres com histórico de sofrimento.

A iniciativa visa oferecer um dia de beleza para a valorizar e dar dignidade as mulheres que passam por problemas de saúde tais como depressão, câncer, entre outros. A 1ª Edição foi realizada no dia 17 deste mês e a meta é repetir a cada 45 dias.

Amanda Deyvis, que tem uma loja de maquiagem, conta que para colocar a ideia em prática buscou apoio de vários parceiros. E a primeira contemplada foi a própria madrasta Ieda Almeida, vítima de câncer, que após a doença perdeu a vontade de cuidar do próprio corpo e ganhou um dia de princesa. Quem quiser ser o anjo do bem e indicar uma mulher para receber os mimos basta mandar um email para [email protected].

 

Por: Morgana Kelly

Queda é a principal causa de acidentes domésticos em idosos

Tempo de leitura: 3 minutos –

A queda de pessoas acima de 60 anos é um problema de saúde pública que vem crescendo a cada ano no Brasil. Segundo a Sociedade de Gerência de Geriatria e Gerontologia, cerca de 30% dos idosos já sofreram ao menos uma queda e 50% deles acabaram ficando com mobilidade reduzida.

O fêmur, o maior osso do corpo humano, localizado na coxa, é a principal vítima nas quedas dos idosos. Com o avanço da idade, o idoso se torna vulnerável sujeito a acidentes domésticos, devido a perda do equilíbrio e a diminuição do campo visual.

A apresentadora Sônia Abraão postou no instagram, no último domingo, fotos da mãe dela com o rosto roxo, após ela cair ao tropeçar num tapete. Dona Cecília teve fratura no braço, está internada e vai ser submetida à cirurgia.

A Presidente da Associação de Cuidadores de Idosos e Similares na Região metropolitana de Goiânia, Ednamar Silva, explica que para eliminar os riscos, de queda, é preciso fazer adaptações na residência, que são essenciais para garantir a segurança e proteção do idoso. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2017 cerca de 12 mil idosos morreram em decorrência de quedas em casa.

Por: Morgana Kelly

Moro acredita que morte de menina no Rio não deve influenciar na votação do Projeto Anticrime

Tempo de leitura: 3 minutos –

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, veio à Goiânia, nesta segunda-feira, para avaliar os 22 dias do Programa “Em Frente, Brasil” que tem como objetivo a redução dos índices de criminalidade.

Durante coletiva, Sérgio Moro disse que a morte da menina, Agatha Felix, de 8 anos, assassinada com um tiro nas costas no Rio de Janeiro, na última sexta-feira, durante ação policial foi um episódio terrível e uma tragédia e que os fatos estão sendo apurados e qualquer conclusão pode ser precipitada.

Sérgio Moro acredita que o ocorrido não vai influenciar na votação do Projeto Anticrime, de autoria dele, que prevê a diminuição ou até eliminação da pena para policial que matar em serviço. A Força Nacional está em Goiânia a 22 dias e devem permanecer durante 120 dias para atacar as manchas criminais nos bairros e reduzir os índices de violência e criminalidade.

Por: Morgana Kelly