Elevação do Santuário Sagrada Família à Basílica

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Arquidiocese de Goiânia fez uma celebração de Elevação, depois que o papa Francisco, concedeu ao Santuário Sagrada Família a honra de ser a terceira Basílica na Igreja.
  • A deferência foi concedida pelo papa o no dia 2 de fevereiro de 2020, mas era necessário fazer algumas adequações no templo.
  • O Santuário-Basílica recebe, hoje, cerca de 80 mil fiéis por semana, que participam das várias celebrações e atividades que o Santuário possui.

Nesta terça-feira, dia em que se celebrou a Festa dos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael, a Arquidiocese de Goiânia fez uma celebração de Elevação, depois que o papa Francisco, concedeu ao Santuário Sagrada Família a honra de ser a terceira Basílica na Igreja.

A deferência foi concedida pelo papa o no dia 2 de fevereiro de 2020, mas era necessário fazer algumas adequações no templo. A celebração foi presidida pelo arcebispo, Dom Washington Cruz que ressaltou que foi mais uma benevolência do Santo Padre para com a Igreja local. Ele explicou que temos a Basílica dedicada ao Divino Pai Eterno, a Basílica dedicada a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e, agora, temos também a Basílica dedicada à Sagrada Família de Nazaré.

O Santuário-Basílica recebe, hoje, cerca de 80 mil fiéis por semana, que participam das várias celebrações e atividades que o Santuário possui. Há uma programação extensa e todas essas celebrações são transmitidas ao vivo por suas redes sociais, que contam com quase 500 mil seguidores.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Polícia Civil cumpre mandados na sede do Detran Goiás em investigação contra cartel de estampagem de placas

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A PC-GO, deflagrou, nesta terça-feira, a Operação Colludium que investiga duas organizações criminosas suspeitas de cobrarem R$ 70 mil para credenciar empresas interessadas na fabricação e estampagem de placas veiculares no Detran em Goiás.
  • De acordo com a polícia o primeiro grupo atuou até 2018 e outro ainda estaria operando.
  • Os suspeitos podem responder por organização criminosa, corrupção passiva e formação de cartel.

A Polícia Civil de Goiás (PC-GO), deflagrou, nesta terça-feira, a Operação Colludium que investiga duas organizações criminosas suspeitas de cobrarem R$ 70 mil para credenciar empresas interessadas na fabricação e estampagem de placas veiculares no Detran em Goiás. A ação cumpriu 31 mandados de busca e apreensão na sede do órgão em Goiânia, bem como nas empresas e casas dos investigados, em mais sete cidades, além da capital, como Aparecida de Goiânia, Anápolis, Senador Canedo e Trindade. Foram apreendidos documentos, celulares e computadores.

Um dos suspeitos foi preso por posse ilegal de duas armas de fogo encontradas na residência. De acordo com a polícia o primeiro grupo atuou até 2018 e outro ainda estaria operando, e o sistema de fraude funcionava por meio de cartel, onde empresários do ramo se uniram e criaram instituições em nome de laranjas e familiares para monopolizar o serviço.

De acordo com a responsável pela operação, a delegada Magda D’Ávila, o maior prejudicado era o dono de veículo, por conta de não haver concorrência e pelo tabelamento do preço das placas.

A delegada ainda ressaltou que os suspeitos podem responder por organização criminosa, corrupção passiva e formação de cartel. Em nota, o Detran afirmou que apoia e tem colaborado com a polícia, e que está a disposição das autoridades pra quaisquer esclarecimentos em relação aos fatos investigados contra os servidores.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Governo de Goiás disponibiliza R$ 50 milhões o setor de turismo

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Governo de Goiás, por meio da GoiásFomento, disponibiliza quase R$ 50 milhões para empreendedores de bares, restaurantes, pousadas, entre outras empresas.
  • Ainda são oferecidos financiamentos, determinados pelo governador Ronaldo Caiado, que facilitam o acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas.
  • Com esses créditos, as empresas devem gerar emprego e renda para Goiás.

O Governo de Goiás, por meio da GoiásFomento, disponibiliza quase R$ 50 milhões para empreendedores de bares, restaurantes, pousadas, entre outras empresas. Os recursos são distribuídos em quatro linhas de crédito. O objetivo é apoiar o setor de turismo no período de retomada dos serviços, que foi duramente afetado pela pandemia da Covid-19.

Ainda são oferecidos financiamentos, determinados pelo governador Ronaldo Caiado, que facilitam o acesso ao crédito por parte das micro e pequenas empresas. Segundo o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar, as linhas operam com juros de 5% ao ano, mais o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O presidente ainda destaca que, com esses créditos, as empresas devem gerar emprego e renda para Goiás. O valor é somado a outros R$ 10 milhões, que já foram liberados para atividades turísticas. Para quem tiver interesse, basta acessar o site: goiasfomento.com.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

A testagem ampliada da Covid-19 retorna à região Leste de Goiânia

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A testagem ampliada da Covid-19 entra na nona semana e retorna, nesta quarta-feira, à região Leste de Goiânia e segue até amanhã, com atendimento por agendamento.
  • Os testes são feitos em pessoas acima de 12 anos, que não apresentam sintomas e os casos positivos são encaminhados para uma equipe médica no local.
  • O horário de atendimento é das oito da manhã às cinco da tarde.

A testagem ampliada da Covid-19 entra na nona semana e retorna, nesta quarta-feira, à região Leste de Goiânia e segue até amanhã, com atendimento por agendamento. Os testes são realizados na Escola Municipal Mônica Castro Carneiro, no Jardim Novo Mundo. O objetivo da ação é detectar os casos positivos e fazer o isolamento das pessoas contaminadas, para quebrar a cadeia de transmissão do Coronavírus.

Os testes são feitos em pessoas acima de 12 anos, que não apresentam sintomas e os casos positivos são encaminhados para uma equipe médica no local. O atendimento por agendamento é exclusivo na modalidade drive-thru. Os pedestres podem agendar ou ir direto ao local.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS), o Jardim Novo Mundo foi escolhido por ter o maior número de internações por Covid-19 registrado nos últimos dois meses. Desde o início da testagem ampliada da população até a última sexta-feira, foram realizados mais de 85 mil testes.

O horário de atendimento é das oito da manhã às cinco da tarde. Os moradores dos 162 bairros que compõem a região Leste devem realizar o agendamento no site: saude.goiania.go.gov.br e apresentar o comprovante de endereço no dia do teste.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Jardim Botânico de Goiânia foi atingido por um incêndio nessa última terça-feira

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Jardim Botânico de Goiânia, no setor Pedro Ludovico Teixeira, foi atingido por um incêndio nessa última terça-feira.
  • O parque tem cerca de 100 hectares sendo a maior área verde da cidade, fundada em 1978.
  • O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirma que a umidade do ar em Goiás está em alerta vermelho devido estar abaixo de 12%.

O Jardim Botânico de Goiânia, no setor Pedro Ludovico Teixeira, foi atingido por um incêndio nessa última terça-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros, foram deslocadas três equipes até o local para combate as chamas, que tiveram início pela manhã às margens da Avenida 3ª Radial. Não houve registro de feridos.

O parque tem cerca de 100 hectares sendo a maior área verde da cidade, fundada em 1978. De acordo com o Tenente Magalhães do Corpo de Bombeiros, houve controle do incêndio por volta das 15h30min, impedindo que o fogo alcançasse maiores proporções da vegetação do local.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirma que a umidade do ar em Goiás está em alerta vermelho devido estar abaixo de 12%. Este cenário e a grande quantidade de ventos para os meses de agosto e setembro podem agravar os riscos de incêndios florestais.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Goiás: Enel oferece oportunidades de capacitação profissional

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Enel Goiás desenvolve o projeto Enel Compartilha Oportunidade, que irá oferecer oficinas gratuitas de capacitação profissional para pessoas entre 18 e 40 anos.
  • Quem finalizar o treinamento vai participar do sorteio, no dia 20 de outubro e concorrer a 100 inscrições em cursos profissionalizantes do Senac.
  • O projeto chegou a Goiás em 2018 e já contabiliza cerca de 5 mil e 500 beneficiados com as oficinas de orientação profissional.

A Enel Goiás desenvolve o projeto Enel Compartilha Oportunidade, que irá oferecer oficinas gratuitas de capacitação profissional para pessoas entre 18 e 40 anos. As inscrições estão abertas até o dia 18 de outubro, no site da Enel. O objetivo da iniciativa é ajudar as pessoas a se capacitarem para o mercado de trabalho e por conta da pandemia do Coronavírus, o treinamento será online.

As oficinas de capacitação profissional orientam sobre como se comportar durante entrevista de emprego, desenvolver currículo, além de trabalhar temas como marketing pessoal, ética profissional e uso das mídias sociais. Segundo o coordenador de Projetos Socioeconômicos da Enel Goiás, João Alexandre, quem finalizar o treinamento vai participar do sorteio, no dia 20 de outubro e concorrer a 100 inscrições em cursos profissionalizantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O projeto chegou a Goiás em 2018 e já contabiliza cerca de 5 mil e 500 beneficiados com as oficinas de orientação profissional. Para fazer a inscrição, basta acessar o site da enel.com.br.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Justiça autorizou a entrada de menores de 12 anos nos shoppings centers

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Justiça concedeu liminar a pedido da Associação de Lojistas do Flamboyant Shopping Center (Aslof), que autorizou a entrada de crianças menores de 12 anos nas dependências de shoppings centers.
  • O Estado não embasou razões técnicas e científicas concretas que indiquem maior contágio e disseminação do Coronavírus por crianças.
  • A flexibilização do horário de funcionamento e liberação das vagas de estacionamento dos shoppings foram aprovadas pelo COE.

A Justiça concedeu liminar a pedido da Associação de Lojistas do Flamboyant Shopping Center (Aslof), que autorizou a entrada de crianças menores de 12 anos nas dependências de shoppings centers, galerias e centros comerciais. O acesso desse público específico estava proibido desde março deste ano, devido os protocolos definidos pelo decreto do Estado de prevenção a Covid-19. Situação que vinha desagradando o setor que aponta movimento baixo por conta da crise gerada pela pandemia.

Segundo o desembargador Itamar de Lima, entre os motivos para a liberação, são que o Estado não embasou razões técnicas e científicas concretas que indiquem maior contágio e disseminação do Coronavírus por crianças. Reforçou ainda que está ocorrendo à reabertura gradual de diversos setores da economia e com isso não existe justificativa para a restrição. O presidente da Aslof, Raphael Rios, ainda destaca que todas as medidas sanitárias contra o vírus foram adotadas, e que o shopping é um lugar seguro.

O Comitê de Gestão de Crise da Prefeitura de Goiânia já tinha autorizado à liberação, e a expectativa era que o tema fosse discutido em reunião, nesta segunda-feira, pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública da capital (COE). Contudo não foi abordado por conta da liminar da Justiça. Porém, questões como a flexibilização do horário de funcionamento e liberação das vagas de estacionamento dos shoppings foram aprovadas pelo COE.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Procon Goiás: Pesquisa constatou variação no preço dos medicamentos genéricos, em Goiânia

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Procon Goiás realizou pesquisa de preço e constatou variação de 678% no valor dos medicamentos genéricos.
  • A variação dos genéricos é vantajosa e que não há prática abusiva de preços.
  • O reajuste nos preços dos remédios aconteceria no mês de março.

O Procon Goiás realizou pesquisa de preço e constatou variação de 678% no valor dos medicamentos genéricos, foram visitados 12 estabelecimentos da Capital. O objetivo é mostrar para o consumidor que é preciso pesquisar antes de comprar e economizar.

A maior variação foi no Sulfato de Salbutamol de 2 mg/ 5ml ou 120 ml, com valor de 3 reais a 25 reais. A diferença no de marca foi de 230,17% e foi verificada no Voltarem de 50 mg e 20 comprimidos, encontrado de 12 reais a 40 reais. Segundo o gerente de Pesquisa e Cálculo do Procon Goiás, Gleidson Tomaz, a variação dos genéricos é vantajosa e que não há prática abusiva de preços.

A diferença entre o genérico e o de marca é de 88% e foi encontrada no Nisulid 100mg e 12 comprimidos, que custa 40 reais e no Nimesulida, com valor de 5 reais. O reajuste nos preços dos remédios aconteceria no mês de março. Devido à pandemia, foi autorizado em julho e a aplicação é de 3,23% a 5,21%, dependendo do tipo de medicamento. O teto do aumento autorizado é superior ao do ano passado, de 4,33%.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Conceito Sênior Living traz moradias mais qualificadas para idosos

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Mercado Imobiliário brasileiro começa a oferecer moradias menores, fáceis de cuidar e bem localizadas para idosos, visando projetos que trazem o conceito de Sênior Living.
  • A terceira idade deixou de planejar moradias em fazendas ou chácaras, mas passou a adquirir apartamentos localizados em capitais e centros urbanos.
  • Com o aumento da expectativa de vida da população, apontado pelo IBGE, e os avanços da medicina, os idosos estão mais ativos em sua rotina de trabalho e social.

O Mercado Imobiliário brasileiro começa a oferecer moradias menores, fáceis de cuidar e bem localizadas para idosos, visando projetos que trazem o conceito de Sênior Living. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até 2060, 25,5% dos habitantes do país terão mais de 65 anos, o que motivou o segmento a seguir a tendência.

De acordo com o engenheiro e incorporador, Cleberson Marques, a terceira idade deixou de planejar moradias em fazendas ou chácaras, mas passou a adquirir apartamentos localizados em capitais e centros urbanos onde encontram serviços de farmácia e supermercado mais próximos.

Com o aumento da expectativa de vida da população, apontado pelo IBGE, e os avanços da medicina, os idosos estão mais ativos em sua rotina de trabalho e social. Por isso o segmento imobiliário está ofertando imóveis mais práticos, confortáveis, objetivos e bem localizados.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Goiânia ocupa 4º lugar no programa de descarte correto de lâmpadas

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Goiânia ocupa o 4º lugar entre as 10 capitais brasileiras que realizam o descarte correto de lâmpadas fluorescentes queimadas, aponta o ranking do Programa da Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa.
  • Na fabricação das lâmpadas são utilizados o mercúrio, sódio ou metálico, que são substâncias que causam danos a natureza.
  • O Programa Reciclus recolheu 1,3 milhões de kg de lâmpadas de uso doméstico desde 2017, no Brasil.

Goiânia ocupa o 4º lugar entre as 10 capitais brasileiras que realizam o descarte correto de lâmpadas fluorescentes queimadas, aponta o ranking do Programa da Associação Brasileira para a Gestão da Logística Reversa. A capital tem 23 pontos de coleta do Programa Reciclus, que visa dar destinação correta ao material e diminuir os impactos causados ao meio ambiente.

Na fabricação das lâmpadas são utilizados o mercúrio, sódio ou metálico, que são substâncias que causam danos a natureza. Em casa é comum realizarem o descarte no lixo comum. A dona de casa, Rahyla Rená, desconhecia o programa, mas reconhece a importância dele para evitar os impactos ambientais.

O Programa Reciclus recolheu 1,3 milhões de kg de lâmpadas de uso doméstico desde 2017, no Brasil. O município de São Paulo ocupa o 1º lugar por descartar corretamente quase um milhão de unidades e Goiânia entregou nos postos de coleta cerca 280 mil lâmpadas.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

1 2 3 11