CNBB: Abertura do mês da Bíblia

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A CNBB abre a 50ª quinquagésima edição do Mês da Bíblia com uma série de eventos para todo o país.
  • Ela propõe o aprofundamento da Carta de São Paulo aos Gálatas e o lema “Pois todos vós sois UM só em Cristo Jesus”.
  • A programação vai ter três momentos: Missa pela manhã, leitura orante no período da tarde e uma mesa redonda à noite.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB abre, nesta quarta-feira, 1º de setembro, a 50ª edição do Mês da Bíblia com uma série de eventos para todo o país. A programação vai ter três momentos: Missa pela manhã, leitura orante no período da tarde e uma mesa redonda à noite.

Neste ano em que se celebra os 50 anos (1971-2021) da dedicação de setembro como o Mês da Bíblia na Igreja no Brasil, a CNBB propõe o aprofundamento da Carta de São Paulo aos Gálatas e o lema “Pois todos vós sois UM só em Cristo Jesus”.

Entre os objetivos estão o de contribuir para o desenvolvimento das diversas formas de presença da Bíblia, na ação evangelizadora da Igreja, no Brasil; criar subsídios bíblicos nas diferentes formas de comunicação e facilitar o diálogo criativo e transformador entre a Palavra, a pessoa e as comunidades.

As comemorações do Mês da Bíblia são concluídas com o Dia de São Jerônimo, no dia 30. O santo do século IV foi o responsável por traduzir a bíblia do hebraico para o latim, cujo resultado denominou-se “Vulgata”, pois o latim era a língua falada na época universalmente. Com seus estudos, traduções, interpretações, comentários e escritos, São Jerônimo facilitou o acesso aos livros sagrados.

A Igreja no Brasil instituiu o Mês da Bíblia a partir da urgência de anunciar a Palavra de Deus e a beleza de fazer ecoar no coração dos ouvintes a Palavra que renova e impulsiona à missão. À luz do Concílio Vaticano II, o Mês da Bíblia foi criado para mobilizar o aprofundamento e a vivência da palavra, através de um itinerário com a Palavra com um tema específico para cada ano.

Por: Morgana Kelly

Trindade: Município celebra 101 anos com missa, inaugurações e live de duplas sertanejas

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Em Trindade, a Prefeitura preparou eventos para celebrar nesta terça-feira o aniversário de 101 anos da cidade.
  • As iniciativas foram planejadas para garantir o distanciamento e a segurança sanitária necessárias devido a pandemia de Covid-19.
  • As homenagens iniciaram com alvorada festiva com a Banda Tabelião Augusto Costa, às 6h.

Em Trindade, após um mês inteiro com entrega diária de obras, a Prefeitura preparou eventos para celebrar nesta terça-feira o aniversário de 101 anos da cidade, com iniciativas planejadas para garantir o distanciamento e a segurança sanitária necessárias devido a pandemia de Covid-19.

As homenagens iniciaram com alvorada festiva com a Banda Tabelião Augusto Costa, às 6h. Às 7h, houve uma Missa de Ação de Graças na Igreja Matriz, que foi transmitida nas mídias da Prefeitura de Trindade. Às 8h30, próximo da Matriz, no Cineteatro Afipe, foram inauguradas simbolicamente pelo prefeito Marden Júnior diversas obras. Também foi assinada a ordem de serviço para construção da primeira maternidade pública da história da cidade.

Está previsto o descerramento das placas de inauguração das obras do Aterro Sanitário de Trindade e das obras na rua 200, no setor Sol Dourado. À noite, pelo canal do YouTube, às 20h vai ser realizada uma live com três duplas sertanejas: PH e Michel, Max e Luan e Cleber e Cauan, com sorteio de prêmios doados por empresas parceiras.

Por: Morgana Kelly

CNBB: Seminário Nacional da Campanha da Fraternidade 2022 será realizado de 1º a 3 de setembro

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Setor de Campanhas da CNBB vai promover de 1º a 3 de setembro de 2021 o Seminário Nacional da Campanha da Fraternidade 2022.
  • Que tem como tema: “Fraternidade e Educação” e como lema: “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31,26).
  • A campanha ao invés de abordar um ou outro modelo educativo vai buscar aprofundar a contribuição da experiência e da fé cristã para a educação nos dias de hoje.

O Setor de Campanhas da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil a CNBB, pela segunda vez em modalidade virtual, vai promover de 1º a 3 de setembro de 2021 o Seminário Nacional da Campanha da Fraternidade 2022. Que tem como tema: “Fraternidade e Educação” e como lema: “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31,26).

De acordo com o secretário-executivo de Campanhas da CNBB, padre Patriky Samuel Batista, o público-alvo desta formação são os agentes que têm atribuições de dinamizar nas comunidades, dioceses e nas 19 regionais da CNBB, bem como todo o povo de Deus que se interessa pela temática da educação e da campanha.

A formação, que vai acontecer de forma aberta pelos canais do Youtube da CNBB, Edições CNBB e da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) sem a necessidade de inscrição prévia, terá como grande objetivo motivar o povo de Deus para a vivência da Campanha da Fraternidade 2022.

Segundo o padre, a grande novidade da CF 2022 é que a campanha ao invés de abordar um ou outro modelo educativo vai buscar aprofundar a contribuição da experiência e da fé cristã para a educação nos dias de hoje. O secretário-executivo de Campanhas da CNBB defendeu que a educação não pode se restringir ao aspecto técnico-científico mas deve abordar a vida da pessoa na integralidade.

O Seminário Nacional da Campanha da Fraternidade (CF) 2022 vai ser aberto, transmitido pelos canais de Youtube da CNBB, Edições CNBB e da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) sem a necessidade de inscrição prévia. Contudo, as pessoas interessadas em receber o certificado de participação precisam enviar, antecipadamente, ao Setor de Campanhas, uma solicitação com os dados no e-mail: [email protected]

Por: Morgana Kelly

Goiânia: Município tem previsão de chuva e umidade do ar pode atingir 75%

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Em Goiás, a passagem de uma frente fria, que avança pela região Sudoeste do País, tem mudado o cenário dos dias.
  • Com, no mínimo, dois meses de seca pela frente, 40,54% do território goiano já enfrenta seca grave ou extrema.
  • Desde o fim de semana, há mais nebulosidade e regiões de instabilidade, com possibilidade de chuvas isoladas, especialmente no Sul do Estado.

Em Goiás, a passagem de uma frente fria, que avança pela região Sudoeste do País, tem mudado o cenário dos dias. Desde o fim de semana, há mais nebulosidade e regiões de instabilidade, com possibilidade de chuvas isoladas, especialmente no Sul do Estado.

Com, no mínimo, dois meses de seca pela frente, 40,54% do território goiano já enfrenta seca grave ou extrema. Isso representa 136 mil quilômetros quadrados (km²) do Estado. É o que apontam dados do último mês de maio tabulados pelo Monitor de Secas, da Agência Nacional das Águas (ANA). No Estado, o período chuvoso começa apenas em outubro.

Diante disto, a região mais afetada de Goiás, até agora, é a Sudoeste. O extremo Oeste do Estado, na divisa com o Mato Grosso, e a divisa entre os Estados de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, são onde a seca já é considerada extrema, Cidades como Baliza e itajá estão com umidade relativa do ar na casa dos 30%. O ideal é que ela fique acima de 60%.

Em Goiânia, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), essa semana vai iniciar com muitas nuvens e pode até haver pancadas de chuvas isoladas. A influência da frente fria contribuiu com a umidade do ar, que pode chegar a 75% – média atípica durante o período de estiagem. Já a temperatura varia entre 18º e 33º C e a possibilidade de chuva persiste na quarta-feira e sexta-feira.

Por: Morgana Kelly

1 2 3 5