Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Desde 1971, a Difusora Pai Eterno é administrada pelos Missionários Redentoristas da Província de Goiás.
  • Os religiosos usam o rádio, televisão, meios escritos, internet e redes sociais como ferramentas importantes e fundamentais para amplificar a pregação.
  • E desempenhar a missão de anunciar a boa nova do Jesus Redentor à todas as pessoas.

Desde 1971, a Difusora Pai Eterno é administrada pelos Missionários Redentoristas da Província de Goiás. Uma referência no trabalho que usa os meios de comunicação para promover a evangelização e a justiça social.

Os religiosos usam o rádio, televisão, meios escritos, internet e redes sociais como ferramentas importantes e fundamentais para amplificar a pregação, e desempenhar a missão de anunciar a boa nova do Jesus Redentor à todas as pessoas.

O Diretor da emissora, Padre Welington Silva, lembra que esta vocação foi inspirada, no Padre Maria de Ligório, que no século XVIII utilizava a prensa para publicar livros e evangelizar um público maior. Em 1732, ele fundou a Congregação do Santíssimo Redentor. Padre Welington recorda alguns nomes, como por exemplo: Padre Maurício Brandolize e tantos outros que ajudaram a escrever a história dos 63 anos da Difusora Pai Eterno.

Padre Maurício Brandolize na Rádio Difusora Pai Eterno

Além dos programas religiosos e as transmissões das missas, Padre Maurício Brandolize começou, ainda na década de 90, a introduzir na grade na emissora os programas musicais religiosos, e destaca a importância da música como instrumento de evangelização.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment