Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Fiscais de Aparecida de Goiânia realizaram uma operação com o objetivo de coibir a realização de festas clandestinas, uso de som automotivo e outras irregularidades.
  • Um bar localizado na Vila Maria foi alvo da fiscalização após denúncia anônima.
  • Cada pessoa, sem máscara, recebeu uma multa de R$ 111.

Fiscais de Aparecida de Goiânia realizaram durante a semana santa, uma operação com o objetivo de coibir a realização de festas clandestinas, uso de som automotivo e outras irregularidades. Um bar localizado na Vila Maria foi alvo da fiscalização após denúncia anônima. No local, havia uma aglomeração de 35 pessoas, sendo que 28 delas estavam sem máscara. Cada pessoa, sem máscara, recebeu uma multa de R$ 111.

O estabelecimento também estava com documentação irregular e foi interditado e multado pela fiscalização. No mesmo local um carro com som automotivo foi apreendido pela Secretaria de Meio Ambiente (Semma) e levado para o pátio de apreensão.

 A coordenadora de arrecadação da Secretaria da Fazenda, Ludimilla Carvalho, que integra o Grupo Operacional de enfrentamento ao Coronavírus ressaltou que as equipes de fiscalização estão empenhadas em verificar o cumprimento das portarias, que determinam o cumprimento de medidas sanitárias, mas também devem coibir atos ilícitos, como festas clandestinas, superlotação em estabelecimentos de bebidas, funcionamento irregular de comércios e outras irregularidades.

As equipes de fiscalização percorreram outros bairros da cidade. Outros cinco estabelecimentos foram fechados por funcionar fora do horário permitido.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment