População desaprova o possível reajuste na tarifa de ônibus

Tempo de Leitura: 2 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A CMTC está fazendo cálculos para aumentar a tarifa da passagem do transporte coletivo.
  • Se aprovada, o usuário deverá pagar um acréscimo relativo de 6%.
  • A CMTC deve iniciar o cálculo oficial a partir da segunda quinzena deste mês, negociando com as prefeituras da Região Metropolitana.

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos, (CMTC) está fazendo cálculos para aumentar a tarifa da passagem do transporte coletivo, a partir de março deste ano. Se aprovada, o usuário deverá pagar quatro reais e sessenta centavos por viagem, um acréscimo relativo de 6%.

De acordo com o jornal O Popular, o alto valor do combustível é o maior responsável pelo encarecimento da passagem, que entre os anos de 2018 e 2019 apresentou variação de 6%. A principal reclamação da população é a frota reduzida de ônibus na Região Metropolitana, como destaca a moradora da Vila Alvorada, Cristiane Oliveira.

A radialista, Rafaela Meira, explica que para justificar o aumento da passagem o serviço oferecido deveria ter mais qualidade. A CMTC deve iniciar o cálculo oficial a partir da segunda quinzena deste mês, negociando com as prefeituras da Região Metropolitana.

Por: Morgana Kelly

Produtos vencidos podem causar riscos à saúde

Tempo de Leitura: 3 minutos –

RESUMO DA NOTICÍA

  • Os malefícios de consumir produto com o prazo de validade vencido.
  • As vigilâncias municipais vigiam e dão dicas importantes para os comércios.
  • Denuncie pelo telefone da Vigilância Sanitária Estadual que é o 150.

O consumo de produto com o prazo de validade vencido pode fazer mal à saúde e até ser fatal. Nesta semana, o humorista da Praça é Nossa, Carlos Alberto de Nóbrega, foi hospitalizado com uma infecção intestinal, depois que tomou o iogurte com a data vencida.

No Brasil desde 1980, as empresas são obrigadas a colocar na embalagem, o prazo máximo para o consumo. A ingestão de alimentos fora do prazo pode causar graves problemas à saúde como diarreia, dor de estômago, intoxicação alimentar, vômito e cólicas. Esses sintomas podem ser maiores em crianças, idosos, gestantes e pessoas que já estão com a saúde debilitada.

A Coordenadora da Fiscalização de Alimentos da Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiás, Jordana Batista, ressalta que as vigilâncias municipais fazem o trabalho de rotina nos comércios, para retirar das prateleiras os alimentos impróprios para o consumo e dá dicas importantes para evitar problemas com a saúde.

O consumidor que encontrar produto vendido no comércio pode chamar o proprietário é pedir para recolher. Se preferir fazer uma denúncia pode ligar para o telefone da Vigilância Sanitária Estadual que é o 150.

Por: Morgana Kelly

Prefeitura leva luz à moradores do Residencial JK e anuncia regularização do loteamento em Goiânia

Tempo de leitura: 2 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Seplanh solicitou à Enel a instalação de 61 padrões de energia no Residencial JK.
  • O loteamento foi comercializado e teve áreas públicas ocupadas há cerca de 10 anos.
  • A associação de moradores disse que é uma grande conquista.

A Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação Seplanh solicitou à Enel a instalação de 61 padrões de energia no Residencial Juscelino Kubitscheck, em imóveis localizados nas ruas JK1, 2, 11 e Avenida Noroeste. O loteamento conhecido como JK é particular, foi comercializado e teve áreas públicas ocupadas há cerca de 10 anos.

O Secretário da Seplanh, Henrique Alves diz que a meta é levar dignidade aos moradores que terão mais conforto e o próximo passo será a conclusão da regularização fundiária para promover a segurança jurídica da posse do imóvel aos proprietários.

A associação de moradores disse que essa é uma luta antiga das famílias e o acesso a luz elétrica é uma grande conquista.

Por: Morgana Kelly

Uso de cadeirinha diminui 61% índice de morte em crianças

Tempo de leitura: 3 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O uso da cadeirinha reduziu em 61% o número de mortes em acidentes.
  • Cerca de 4.000 goianos foram flagrados transportando crianças sem o objeto de segurança.
  • A infração gera sete pontos na Carteira de Habilitação e multa de cerca de 290 reais.

Dados do Ministério da Saúde comprovam que o uso da cadeirinha reduziu em 61% o número de mortes de crianças em acidentes de trânsito no país. A chamada Lei da Cadeirinha, que determina o uso de assentos especiais para crianças, entrou em vigor em maio de 2008.

Muitos pais e motoristas ignoram a lei, de janeiro a setembro, cerca 4.000 goianos foram flagrados transportando crianças sem o objeto de segurança. Número maior do que no mesmo período do ano passado, com 3.800 casos. A infração gera sete pontos na Carteira de Habilitação e multa de cerca de 290 reais.

O Gerente de Educação de Trânsito do Detran Goiás, Gustavo Mota, explica que existe a necessidade do dispositivo de segurança e que o seu uso pode salvar a vida da criança. De um a sete anos e meio, deve-se usar bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação. Somente após os 10 anos e ter atingido 1 metro e 45 centímetros de altura a criança pode ir no banco da frente dos veículos.

Por: Morgana Kelly

Prefeitura desburocratiza e informatiza novos serviços da gestão municipal

Tempo de leitura: 2 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Prefeito de Goiânia, Íris Rezende, lançou a automatização de 10 novos serviços na área de planejamento e construção.
  • O contribuinte poderá solicitar pela internet diversas emissões.
  • Com esses novos procedimentos o sistema Família Fácil passa a ter 15 novos serviços.

O Prefeito de Goiânia, Íris Rezende, lançou a automatização de 10 novos serviços na área de planejamento e construção, na quarta-feira, dia 9 de outubro, às 10 horas da manhã, no Paço Municipal.

O contribuinte poderá solicitar pela internet emissão de Alvarás de Microreforma, Demolição, Modificação com e sem Acréscimo, Revalidação de Alvarás de Construção, Projeto Diferenciado de Urbanização, para edificação em lotes vagos e parcelamento de área.

A Empresária Benedita Cardoso que constrói residências na Região Oeste da cidade diz que com a modernização do sistema online ela ganha tempo e economiza dinheiro porque não precisa deslocar até a prefeitura.

Com esses novos procedimentos o sistema Família Fácil que foi lançado em 2017 passa a ter 15 serviços que podem ser solicitados pela internet.

Por: Morgana Kelly

Centro de Valorização da Mulher Cevam é suspeito de desvio de dinheiro público

Tempo de leitura: 3 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A DRACO iniciou ontem investigação para apurar a suspeita de desvio de dinheiro do CEVAM.
  • O recurso é proveniente do convênio com o estado e os valores repassados em 2017 e 2018.
  • Prestaram esclarecimentos à polícia cerca de 12 membros da direção do CEVAM.

A Delegacia Especializada na Repressão de Ações Criminosas Organizadas em Goiás –DRACO iniciou ontem investigação para apurar a suspeita de desvio de meio milhão de reais do Centro de Valorização da Mulher–CEVAM em Goiânia. O recurso é proveniente do convênio com o estado e os valores repassados em 2017 e 2018.

Segundo o Delegado, Eduardo Gomes Júnior, a investigação começou após a prestação de contas da entidade, que não conseguiu comprovar os gastos, o que chamou a atenção para algumas irregularidades na documentação apresentada

Prestaram esclarecimentos à polícia cerca de 12 membros da direção do Cevam, gestores de contratos e conselho fiscal. Foram apreendidos no Cevam e nas residências dos envolvidos computadores, celulares, notebooks, pen drives para fazer a perícia em busca de indícios do crime.

As empresas contratadas e as que participaram das licitações serão ouvidas para prestar declarações na delegacia. Dependendo do que os investigadores descobrirem, os suspeitos poderão responder pelos crimes de peculato, fraude em licitação, uso de documento falso e até associação criminosa.

Por: Morgana Kelly

TCM aponta que mais de 18% dos municípios extrapolaram nos gastos com pessoal

Tempo de leitura: 2 minutos –

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O TCM fez um relatório referente ao 1º quadrimestre de 2019, dos municípios que estão em pior situação em relação aos gastos com pessoal.
  • A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que, a prefeitura não pode gastar mais do que 60% da arrecadação líquida com a folha de pagamento.
  • Segundo o levantamento 45 cidades estão acima do limite prudencial, 51 cidades estão no limite legal e 96 estão dentro da normalidade.

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás TCM fez um relatório referente ao 1º quadrimestre de 2019, dos municípios que estão em pior situação em relação aos gastos com pessoal. Cerca de 18% estão acima o limite prudencial, 21% no limite e 39% dentro da normalidade.

A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que, a prefeitura não pode gastar mais do que 60% da arrecadação líquida com a folha de pagamento. A Prefeitura de Brazabrantes, por exemplo, teve que assinar um Termo de Ajustamento de Gestão-TAG se comprometendo a exonerar comissionados para se adequar.

Segundo o levantamento 45 cidades estão acima do limite prudencial, 51 cidades estão no limite legal e 96 estão dentro da normalidade. Os demais municípios não enviaram os balancetes das contas para o TCM.

Por: Morgana Kelly

Prefeitura anuncia mudanças para matrícula no ensino infantil em Goiânia

Tempo de leitura: 3 minutos –

RESUMO DA NOTÍCIA

    • Em Goiânia, novas regras para a matrícula no ensino infantil.
    • Para garantir uma vaga na rede pública será exigido o CPF da criança.
    • O objetivo é priorizar o atendimento as famílias carentes.

A Secretária Municipal de Educação em Goiânia anunciou novas regras para a matrícula no ensino infantil a partir do próximo ano. Para garantir uma vaga no Cmei ou no Centro de Educação Infantil será exigido o CPF da criança.

Antes da matricula, o interessado terá que preencher o cadastro sócio econômico familiar no site da prefeitura que está disponível a partir de novembro.

O Secretário Municipal de Educação, Marcelo Costa, adianta que o objetivo é priorizar o atendimento as famílias carentes, 20% das vagas são destinadas para os inscritos no Programa Bolsa Família e a novidade é a reserva de 40% das vagas nas para as mães trabalhadoras.

Para garantir a vaga a mãe que trabalha tem que apresentar o contra-cheque, carteira de trabalho ou o comprovante do MEI Micro Empreendedor Individual.  A matricula no ensino fundamental será no dia 3 de dezembro e para o CMEI no dia 17 de dezembro. A criança que não tiver o CPF, pode obtê-lo gratuitamente nos correios ou no Banco do Brasil. Na Receita Federal o valor cobrado é de 7 reais e 50 centavos.

Por: Morgana Kelly

Falta vacina pentavalente em todo mundo

Tempo de leitura: 2 minutos –

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Falta a vacina pentavalente e seu abastecimento está suspenso desde julho.
  • A imunização é destinada a crianças a partir de 2 anos de idade.
  • A previsão é que o abastecimento volte ao normal a partir de novembro.

Falta da vacina pentavalente (união da vacina Tetravalente com a vacina Hepatite B) preocupa a população. O abastecimento está suspenso desde julho de 2019, quando lotes foram reprovados no teste da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA.

A imunização é destinada a crianças a partir de 2 anos de idade, e previne cinco doenças como difteria, tétano, coqueluche e hepatite B. A Secretária Municipal de Saúde de Goiânia, Fátima Mrue, ressalta que o problema não é apenas em Goiás, e afirma que não tem data para reposição do estoque.

O Ministério da Saúde solicitou a reposição do fornecimento à Organização Pan- Americana de Saúde, Opas, porém, não há disponibilidade imediata da vacina pentavalente no mundo. A previsão é que o abastecimento volte ao normal a partir de novembro.

Por: Morgana Kelly

Sínodo discute problemas e soluções para Amazônia

Tempo de leitura: 3 minutos –

O Sínodo da Amazônia, acontece de 06 a 27 de outubro, no Vaticano, e vai reunir os Bispos da Região Pan-Amazônica, que inclui Brasil, Bolívia, Equador, Peru, Colômbia, Guianas e Suriname, para tratar o tema “Novos caminhos para Igreja e para uma Ecologia Integral”.

Os Bispos Diocesanos das nove províncias da Região Pan-amazônica se reúnem para discutir questões relevantes como os problemas enfrentados pelos povos da região, o desmatamento, desrespeito às tribos indígenas, desafios e esperanças.

Quase 87 mil pessoas da região participaram da preparação da conferência, dando opiniões, apresentando as dificuldades e desafios do local.

O Padre indígena, Justino Sarmento, que ajudou na elaboração do texto que será discutido na reunião, explica a importância de debater sobre a região da Amazônia, que abrange diversos países e abriga diversas riquezas.

Na última semana do encontro, os membros do Sínodo vão elaborar a redação final do documento, que será entregue ao Papa Francisco que deverá ser publicado na forma de Exortação Apostólica Pós-sinodal.

Por: Morgana Kelly

1 2