Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Mesmo com poucas chuvas no início desse mês, Goiás já registra reclamações de quedas de energia.
  • Por isso a Enel estabeleceu ações preventivas, desde o mês de Julho, com mutirões de poda e manutenção.
  • Com a instalação de 5 mil equipamentos de telecontrole, os técnicos podem localizar e isolar um defeito de maneira rápida, recuperando o fornecimento de energia em sua totalidade em menos de três minuto.

Mesmo com poucas chuvas no início desse mês, Goiás já registra reclamações de quedas de energia. Com intuito de evitar o problema, a Enel Distribuição Goiás desenvolveu o Plano Verão com objetivo de garantir maior eficiência no atendimento e rapidez na resposta às ocorrências, durante o período chuvoso.

As chuvas do verão goiano são responsáveis por ventos fortes e grande número de queda de árvores e galhos sobre a rede. Por isso a Enel estabeleceu ações preventivas, desde o mês de Julho, com mutirões de poda e manutenção. Foram construídas 7 novas subestações e 86 foram ampliadas e modernizadas, diminuindo em cerca de 40% na duração e na repetição das quedas de energia.

Para minimizar as reclamações, a distribuidora aumentou em 73% as equipes em campo, agora são 6 mil eletricistas, e em 50% as equipes de atendimento no Call Center. Além disso, ampliou de 29 para 62, o número de bases avançadas de atendimento, conseguindo redução média de 34% na distância que as equipes precisam percorrer para atender as solicitações dos clientes.

Com a instalação de 5 mil equipamentos de telecontrole, os técnicos podem localizar e isolar um defeito de maneira rápida, recuperando o fornecimento de energia em sua totalidade em menos de três minutos. Com essas alterações realizadas pela Enel, é possível atender cerca de 5 mil ocorrências em 48 horas.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Write a Reply or Comment