Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O TCM e o Ministério Público realizaram avaliações das prefeituras e Câmaras, nos sites, divulgando-as por meio de um ranking que mostra e compara os resultados.
  • Desde 2011, quando a lei de acesso à informação entrou em vigor.
  • Todas as instituições que recebem verbas públicas são obrigadas a dar transparência de forma detalhada sobre seus gastos e receitas.

O Tribunal de Contas dos Municípios, o TCM e o Ministério Público realizaram avaliações das prefeituras e Câmaras, nos sites, divulgando-as por meio de um ranking que mostra e compara os resultados. Desde 2011, quando a lei de acesso à informação entrou em vigor, todas as instituições que recebem verbas públicas são obrigadas a dar transparência de forma detalhada sobre seus gastos e receitas.

No último ranking divulgado pelo Tribunal em março de 2020, várias prefeituras se destacaram de forma positiva: dos 246 municípios goianos, 9 obtiveram nota máxima. São eles: Britânia, Caçu, Diorama, Divinópolis, Doverlândia, Faina, Fazenda Nova, Paraúna e São Francisco.

Considerados unicamente os municípios com mais de 100 mil habitantes, o topo do ranking foi ocupado respectivamente pelas prefeituras de: Goiânia, Trindade, Valparaiso e Rio Verde, todas neste grupo com nota superior a 9.

Já as que mais perderam desempenho em comparação à avaliação anterior foram as prefeituras: de Ipameri, Córrego do Ouro, Campinorte e Alexânia. Com destaque mais negativo para Ipameri, que caiu 220 posições. O TCM deve realizar outra avaliação nos sites de todas as Câmaras e prefeituras e afirma ser de extrema importância que os cidadãos goianos fiscalizem e cobrem bons resultados de seus administradores.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment