Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • De acordo com a plataforma estadual de monitoramento do novo Coronavírus, dos 64 mil casos de pessoas contaminadas, Goiás já soma mais de 3 mil quanto aos profissionais de saúde com Covid-19.
  • Os dados apontam que os profissionais de saúde representam aproximadamente quase 5% do total das infecções pela doença.
  • Diante desta realidade, a Prefeitura de Goiânia, por meio da SMS, desenvolveu uma ação de apoio psicossocial aos profissionais da saúde.

De acordo com a plataforma estadual de monitoramento do novo Coronavírus, dos 64 mil casos de pessoas contaminadas, Goiás já soma mais de 3 mil quanto aos profissionais de saúde com Covid-19.

Os dados apontam que os profissionais de saúde representam aproximadamente quase 5% do total das infecções pela doença e a categoria mais contaminada é a dos técnicos e auxiliares de enfermagem, com 2%. Em seguida estão os enfermeiros com quase 1% dos casos.

Os médicos e outros trabalhadores de saúde apresentam taxa de 0,7% das contaminações. Trabalhadores administrativos da saúde e fisioterapeutas têm 0,3% e 0,2% dos casos, respectivamente.

Estes profissionais da saúde que estão infectados, em números representam: 1.294, técnicos ou auxiliares de enfermagem, 570 enfermeiros, 422 médicos, 177 trabalhadores administrativos da saúde, 114 fisioterapeutas e 475 outros trabalhadores da área.

Diante desta realidade, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), desenvolveu uma ação de apoio psicossocial aos profissionais da saúde, que trabalham na linha de frente para atender pacientes com a covid-19.

O Projeto para Suporte Psicossocial Mediante Grupos Virtuais é realizado através das plataformas que possibilitam a comunicação com áudio e vídeo e assim, eles recebem apoio psicológico virtual durante pandemia.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment