Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Prefeitura de Aparecida realizou uma live para discutir a Lei Aldir Blanc, que prevê auxílio emergencial para o setor da cultura.
  • A norma criada devido à pandemia da Covid-19 vai ajudar o trabalhador da área em três parcelas de 600 reais.
  • Para ter direito é preciso comprovar atuação cultural e artística nos últimos 24 meses antes de 29 de junho, não ter emprego formal e não receber benefício previdenciário, assistencial, seguro-desemprego, auxilio emergencial, exceto a Bolsa Família.

A Prefeitura de Aparecida realizou uma live para discutir a Lei Aldir Blanc, que prevê auxílio emergencial para o setor da cultura. A norma criada devido à pandemia da Covid-19 vai ajudar o trabalhador da área em três parcelas de 600 reais.

Além disto, os espaços culturais também poderão receber o auxílio que pode variar de 3 a 10 mil reais. Para ter direito é preciso comprovar atuação cultural e artística nos últimos 24 meses antes de 29 de junho, não ter emprego formal e não receber benefício previdenciário, assistencial, seguro-desemprego, auxilio emergencial, exceto a Bolsa Família.

Segundo o secretário executivo de Cultura e Turismo, Guido Marco, a prefeitura está realizando um mapeamento dos que fazem cultura na cidade por meio de pré-cadastro junto ao órgão. Por ele será possível tirar dúvidas e receber orientações sobre as etapas de recebimento.

O secretário afirma que ainda está sendo definida a forma de recebimento do auxílio e que não foi divulgada a data para solicitá-lo, mas a previsão é seja na primeira semana de agosto.

O interessado pode fazer o pré-cadastramento por meio do whatsApp: (62) 99696-5435 ou no site: www.culturaeturismoap.online.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment