Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Governo Federal prorrogou, nessa quarta-feira, o prazo para suspenção de contrato e redução da jornada de trabalho até 31 de dezembro.
  • Os brasileiros que tiveram suspenção ou redução da jornada em mais de 50% poderão receber o 13º salário com valor reduzido.
  • O programa estará vigente enquanto durar o estado de calamidade pública decretado em março, devido à pandemia do Coronavírus.

O Governo Federal prorrogou, nessa quarta-feira, o prazo para suspenção de contrato e redução da jornada de trabalho até 31 de dezembro. Esta é a terceira prorrogação do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEM), que já alcançou 11 milhões de trabalhadores.

Especialistas apontam que os brasileiros que tiveram suspenção ou redução da jornada em mais de 50% poderão receber o 13º salário com valor reduzido.

O programa estará vigente enquanto durar o estado de calamidade pública decretado em março, devido à pandemia do Coronavírus. Com isso, as empresas poderão suspender o contrato por até 240 dias, com acordo de manutenção do emprego ou reduzir a jornada e o salário do funcionário em 25%, 50% e 70%.

Por: Anna Karolina com supervisão de Morgana Kelly

Write a Reply or Comment