Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Manter o equilíbrio mental em tempos de confinamento é um desafio para a população.
  • Com a mudança de rotina e maior permanência dentro de casa, devido a pandemia do novo Coronavírus, a tendência é que os conflitos familiares aumentem.
  • O cérebro tem reação diante da quarentena e uma alternativa para manter a mente saudável, é evitar pensamento negativo.

Manter o equilíbrio mental em tempos de confinamento é um desafio para a população. Com a mudança de rotina e maior permanência dentro de casa, devido a pandemia do novo Coronavírus, a tendência é que os conflitos familiares aumentem.

Presidente do Conselho Regional de Psicologia, Wadson Arantes, afirma que é natural a pessoa ter medo e receio diante do novo, e que o isolamento social pode provocar impacto na saúde mental gerando tristeza e depressão.  

Segundo ele, o cérebro tem reação diante da quarentena e uma alternativa para manter a mente saudável, é evitar pensamento negativo, criar rotina de home office, estabelecer um convívio saudável, dentro de casa, e a relação afetiva tem que ser maior que o medo. Wadson Arantes diz que a melhor maneira é saber aproveitar as horas livres fazendo coisas que antes não tinha tempo por causa da correria.

Outra sugestão do médico é não ficar vendo notícia o tempo inteiro, filtrar as informações que chegam pelo WhatsApp e internet para não absorver as “fake news” e dar preferência para as fontes com credibilidade para ter conhecimento do que está acontecendo ao seu redor.

Por: Morgana Kelly

Write a Reply or Comment