Tempo de leitura: 3 minutos

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A DRACO iniciou ontem investigação para apurar a suspeita de desvio de dinheiro do CEVAM.
  • O recurso é proveniente do convênio com o estado e os valores repassados em 2017 e 2018.
  • Prestaram esclarecimentos à polícia cerca de 12 membros da direção do CEVAM.

A Delegacia Especializada na Repressão de Ações Criminosas Organizadas em Goiás –DRACO iniciou ontem investigação para apurar a suspeita de desvio de meio milhão de reais do Centro de Valorização da Mulher–CEVAM em Goiânia. O recurso é proveniente do convênio com o estado e os valores repassados em 2017 e 2018.

Segundo o Delegado, Eduardo Gomes Júnior, a investigação começou após a prestação de contas da entidade, que não conseguiu comprovar os gastos, o que chamou a atenção para algumas irregularidades na documentação apresentada

Prestaram esclarecimentos à polícia cerca de 12 membros da direção do Cevam, gestores de contratos e conselho fiscal. Foram apreendidos no Cevam e nas residências dos envolvidos computadores, celulares, notebooks, pen drives para fazer a perícia em busca de indícios do crime.

As empresas contratadas e as que participaram das licitações serão ouvidas para prestar declarações na delegacia. Dependendo do que os investigadores descobrirem, os suspeitos poderão responder pelos crimes de peculato, fraude em licitação, uso de documento falso e até associação criminosa.

Por: Morgana Kelly