Tempo de leitura: 2 minutos –

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Falta a vacina pentavalente e seu abastecimento está suspenso desde julho.
  • A imunização é destinada a crianças a partir de 2 anos de idade.
  • A previsão é que o abastecimento volte ao normal a partir de novembro.

Falta da vacina pentavalente (união da vacina Tetravalente com a vacina Hepatite B) preocupa a população. O abastecimento está suspenso desde julho de 2019, quando lotes foram reprovados no teste da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ANVISA.

A imunização é destinada a crianças a partir de 2 anos de idade, e previne cinco doenças como difteria, tétano, coqueluche e hepatite B. A Secretária Municipal de Saúde de Goiânia, Fátima Mrue, ressalta que o problema não é apenas em Goiás, e afirma que não tem data para reposição do estoque.

O Ministério da Saúde solicitou a reposição do fornecimento à Organização Pan- Americana de Saúde, Opas, porém, não há disponibilidade imediata da vacina pentavalente no mundo. A previsão é que o abastecimento volte ao normal a partir de novembro.

Por: Morgana Kelly