Tempo de leitura: 3 minutos –

O Sínodo da Amazônia, acontece de 06 a 27 de outubro, no Vaticano, e vai reunir os Bispos da Região Pan-Amazônica, que inclui Brasil, Bolívia, Equador, Peru, Colômbia, Guianas e Suriname, para tratar o tema “Novos caminhos para Igreja e para uma Ecologia Integral”.

Os Bispos Diocesanos das nove províncias da Região Pan-amazônica se reúnem para discutir questões relevantes como os problemas enfrentados pelos povos da região, o desmatamento, desrespeito às tribos indígenas, desafios e esperanças.

Quase 87 mil pessoas da região participaram da preparação da conferência, dando opiniões, apresentando as dificuldades e desafios do local.

O Padre indígena, Justino Sarmento, que ajudou na elaboração do texto que será discutido na reunião, explica a importância de debater sobre a região da Amazônia, que abrange diversos países e abriga diversas riquezas.

Na última semana do encontro, os membros do Sínodo vão elaborar a redação final do documento, que será entregue ao Papa Francisco que deverá ser publicado na forma de Exortação Apostólica Pós-sinodal.

Por: Morgana Kelly