Arquidiocese de Goiânia: Santuário Basílica Sagrada Família promove vigília Clamando por Milagres

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O Santuário Basílica Sagrada Família da Arquidiocese de Goiânia é conhecido por ser uma Basílica dedicada às Famílias e de Adoração Perpétua a Santíssima Eucaristia.
  • Com uma vasta programação entre missas, novenas, grupos de oração e atendimento de confissões, no próximo sábado, dia 4 de dezembro também vai realizar a Vigília Clamando por Milagres.
  • A novidade deste ano é que a preparação espiritual e celebração de todo momento será conduzida pelos cantores e pregadores: Tony Alisson e Geraldinho.

O Santuário Basílica Sagrada Família da Arquidiocese de Goiânia é conhecido por ser uma Basílica dedicada às Famílias e de Adoração Perpétua a Santíssima Eucaristia e por ser uma Igreja que funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Com uma vasta programação entre missas, novenas, grupos de oração e atendimento de confissões, no próximo sábado, dia 4 de dezembro também vai realizar a Vigília Clamando por Milagres que acontece das 19h às 00h.

A novidade deste ano é que a preparação espiritual e celebração de todo o momento será conduzida pelos cantores e pregadores: Tony Alisson e Geraldinho. Tony é natural de Morrinhos, na região sul de Goiás. Sua paixão pela música começou na infância. Aos 11 anos, o artista aprendeu a tocar violão. Dois anos depois, começou a se apresentar em bares e festas.

A música católica surgiu em sua vida após a libertação do uso de drogas e bebidas alcoólicas desde os 11 anos. Aos 16, ele teve um encontro com Deus numa chácara em Morrinhos.

A partir de então, Tony Allyson passou a integrar grupos de oração e a cantar na Igreja Católica simultaneamente ao trabalho de eletricista e aos 22 anos, ele decidiu se dedicar integralmente à música.

O cantor já gravou três CDs, com mais de 300 mil cópias vendidas. Durante os mais de 10 anos de sua carreira, já se apresentou em cerca de 700 cidades do Brasil, Estados Unidos, Israel, Japão e Itália.

Quanto ao cantor Geraldinho Correia, fundador da Comunidade Missão Resgate e idealizador do movimento dos Combatentes, o seu trabalho de evangelização nas redes sociais já ultrapassou milhões de visualizações e de seguidores. Sobre o evento, ele ressaltou que esta iniciativa será uma noite de clamor por milagres e convidou a todos para participarem da vigília.

Os fiéis poderão participar presencialmente no Santuário Basílica localizado em Goiânia ou ao Vivo através dos canais do youtube: BasilicaSagradaFamilia, Tony e Missão Marca da Vitória.

Por: Morgana Kelly

Arquidiocese de Goiânia: Grupo AAVE ressalta a importância do dia 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a AIDS

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Arquidiocese de Goiânia tem como sede da Pastoral da Aids, o Grupo AAVE que foi criado há mais de 20 anos e neste ano a epidemia da Aids está completando seus 40 anos.
  • O grupo ressalta que dia 1º de dezembro é comemorado o dia mundial de luta contra a Aids.
  • O convite é para que todos aqueles que possam contribuir com o que puder a este grupo, busque mais informações no telefone 62 9 9617 1166.

A Arquidiocese de Goiânia tem como sede da Pastoral da Aids, o Grupo AAVE que foi criado pela irmã Margaret Hosty há mais de 20 anos e neste ano a epidemia da Aids está completando seus 40 anos.

O grupo ressalta que dia 1º de dezembro é comemorado o dia mundial de luta contra a Aids. Nessa ocasião é a oportunidade de se falar sobre a infecção por HIV e da Aids e dos espaços que lutam pelos direitos das pessoas soropositivas e pelo fim desta epidemia.

Após a morte prematura e dolorosa de um amigo vítima da Aids, a irmã Margaret Hosty e a senhora Divina de Fátima Nogueira fundaram, em 1995, em Goiânia, um local de apoio às pessoas que vivem com HIV/Aids: Associação Grupo Aids: Apoio, Vida Esperança – Grupo AAVE.

Atualmente, comemorando 25 anos de luta em favor das pessoas que vivem com HIV/Aids, a associação acompanha mais de 200 pessoas soropositivas e suas famílias na Região Metropolitana de Goiânia.

Diante deste contexto, a Presidente do Grupo AAVE, Tâmara Fabíola  Gonçalves informou que o momento é de dar início a ação “meta zero” que tem o objetivo de alcançar a novidade de que existam zero infecções, zero discriminação e zero mortes relacionadas a Aids.

A pandemia afetou seriamente as receitas do Grupo AAVE. A maioria das paróquias e congregações que fornecia uma ajuda mensal cortou, em parte ou por completo, essa ajuda depois do início da pandemia. A ajuda financeira de pessoas físicas e jurídicas também caiu drasticamente. A única ajuda governamental que se tinha também foi cortada. E quem mais está sofrendo com isso são os usuários que estão passando por uma situação única na história. Diante disto, o convite é para que todos aqueles que possam contribuir com o que puder a este grupo, busque mais informações no telefone 62 9 9617 1166.

O Grupo AAVE realiza um trabalho sério em favor da vida de quem sofre e não tem encontrado quem o ajude. Diante de tantos sofrimentos que vemos crescer em toda parte, o Grupo vê, sente compaixão e cuida das pessoas que estão vivendo com HIV/Aids.

Por: Morgana Kelly

CNBB Regional Centro-Oeste: Diocese de São Luís de Montes Belos anuncia restauração da Catedral e celebra o encerramento do Ano Jubilar

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Diocese de São Luís de Montes Belos, neste mês de novembro, depois de um semestre de trabalho, devolveu os torreões da Catedral.
  • Outro marco importante para a Diocese vai ser a celebração, de hoje, dia 25 de novembro que será o encerramento do Ano Jubilar.
  • A Solene Concelebração Eucarística acontece às 19h, na Catedral São Luís Gonzaga.

A Diocese de São Luís de Montes Belos, neste mês de novembro, depois de um semestre de trabalho, devolveu os torreões da Catedral. Durante este tempo, foi feito um reforço estrutural de impermeabilização da laje e sustentação e troca de parafusos para as torres menores.

Para erguer os torreões foi necessário o deslocamento de um guindaste especial de Goiânia. O objetivo da obra é garantir a segurança do edifício e das pessoas, tendo em vista que três das torres menores que existiam foram arremessadas pelo vento, colocando em perigo os transeuntes. Esta etapa foi concluída e futuramente vão ser anunciadas novas reformas.

Outro marco importante para a Diocese de São Luís de Montes Belos vai ser a celebração, de hoje, dia 25 de novembro que será o encerramento do Ano Jubilar, iniciado no ano passado.

Segundo o Coordenador Pastoral Padre João Aurélio, o momento é de muita alegria, a reunião é para agradecer a Deus os 60 anos de missão e evangelização da Igreja Particular e ele rememorou que a Diocese foi criada pelo Papa João XXIII.

A Solene Concelebração Eucarística acontece às 19h, na Catedral São Luís Gonzaga e para aqueles que não puderem participar presencialmente, poderão acompanhar a transmissão pelo Facebook e Youtube da Diocese.

Por: Morgana Kelly

Arquidiocese de Goiânia: Primeira Reunião Mensal de forma presencial em 2021 e Solenidade Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo são realizadas neste final de novembro

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Arquidiocese de Goiânia realizou a primeira Reunião Mensal de Pastoral de forma presencial.
  • O assunto tratado foi a Campanha da Fraternidade de 2022, que tem como tema “Fraternidade e Educação”.
  • Este mês também teve como marco, a celebração Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, uma solenidade relativamente nova da Igreja Católica.

A Arquidiocese de Goiânia, depois de 1 ano e 8 meses sem encontros presenciais, realizou neste mês de novembro, no Centro Pastoral Dom Fernando – Cidade da Comunhão, a primeira Reunião Mensal de Pastoral de forma presencial. O assunto tratado foi a Campanha da Fraternidade de 2022, que tem como tema “Fraternidade e Educação”.  O padre Luiz Henrique Brandão, reitor do Seminário Menor Arquidiocesano São João Paulo II e diretor do Colégio Família de Nazaré, foi responsável por assessorar o encontro.

Inicialmente, Dom Washington Cruz fez a oração das Laudes. Em seguida, o padre Luiz Henrique, que também faz parte da comissão organizadora do texto da Campanha da Fraternidade 2022, teve a palavra e explicou um pouco sobre o que é a campanha.

Este mês também teve como marco, a celebração Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, uma solenidade relativamente nova da Igreja Católica. O diácono Waldemar Monteiro, um dos frutos da vocação da Paróquia Cristo Rei, de Goiânia, explicou que a solenidade foi instituída pelo papa Pio XI, em 1925, pois o ateísmo estava crescendo muito no Leste Europeu e o papa queria mostrar que Jesus é o verdadeiro rei.

O padre André Drumond, administrador da Paróquia Cristo Rei, em Goiânia, falou o que representa esta solenidade para todos. Segundo o padre, celebrar essa solenidade significa proclamar Jesus como único Senhor da nossa vida, como Senhor e Salvador da família.

Por: Morgana Kelly

Igreja: Arquidiocese de Goiânia e Missionários Redentoristas prestam homenagem a Iris Rezende Machado

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • A Arquidiocese de Goiânia por intermédio do Arcebispo Dom Washington Cruz prestou homenagem a Iris Rezende.
  • Iris Rezende sempre reiterou a necessidade da parceria entre poder público e a igreja para a promoção da cidadania.
  • É importante ressaltar que Iris Rezende em sua carreira política estava envolvido com as obras católicas e redentoristas.

A Arquidiocese de Goiânia por intermédio do Arcebispo Dom Washington Cruz prestou homenagem a Iris Rezende que morreu na madrugada desta terça-feira, aos 87 anos. A relação do Arcebispo com Iris Rezende era estreita de tal forma que em 2016 para seu quarto mandato em Goiânia, Iris aconselhou-se com Dom Washington para escolha do secretário de Educação. O arcebispo indicou Marcelo Costa, professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, que permaneceu no cargo durante toda a gestão de Iris.

De acordo com Dom Washington Cruz, Iris Rezende sempre reiterou a necessidade da parceria entre poder público e a igreja para a promoção da cidadania.

O Arcebispo aproveitou para ressaltar que a relação de Iris Rezende com a Igreja sempre foi de grande importância desde sua amizade com Dom Fernando que foi membro da comissão central da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, secretário do regional Centro-Oeste da CNBB e fundador da PUC de Goiás.

É importante ressaltar que Iris Rezende em sua carreira política estava envolvido com as obras católicas e redentoristas. Ele inclusive recebeu uma homenagem dos missionários redentoristas quando celebrou 60 anos de atuação política e por participar e defender as causas redentoristas. Para Iris Rezende era impossível pensar a história de Goiânia sem a presença dos missionários que chegarem em Goiás há mais de 125 anos. O Superior Provincial dos Redentoristas de Goiás, Pe. André Ricardo de Melo, destacou que o político mesmo sendo evangélico tinha muito carinho e respeito pelos católicos.

O Ex-governador de Goiás e ex-prefeito de Goiânia, morreu em São Paulo (SP), após três meses tentando se recuperar de um acidente vascular cerebral. Iris Rezende continuamente teve forte ligação com setores da Igreja Católica. Sua relação sempre foi de participação e cumprimento de promessas em missas que ao serem finalizadas ele consecutivamente era procurado por populares para tirar fotos e para abraços.

Por: Morgana Kelly

Igreja: Monsenhor Jacinto Carlos da Diocese Porto Nacional faz palestra “O que é morrer?” em Goiânia

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Em Goiânia, a funerária Paxdomini em parceria com o Monsenhor Jacinto Carlos Pereira vão realizar a palestra intitulada: O que é morrer?.
  • Este evento vai acontecer na Casa de Velório Paxdomini ás 17h, amanhã, dia 9 de novembro.
  • A palestra é gratuita, com vagas limitadas e deve ser confirmada a presença pelo WhatsApp (62) 9844-4228.

Em Goiânia, a funerária Paxdomini em parceria com o padre emérito Monsenhor Jacinto Carlos Pereira, graduado em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, da Diocese Porto Nacional em Tocantins, vão realizar a palestra intitulada: O que é morrer?. Este evento vai acontecer na Casa de Velório Paxdomini – Unidade Lago das Rosas na Avenida Anhanguera no Setor Aeroporto, ás 17h, amanhã, dia 9 de novembro.

Segundo o Diretor da Paxdomini, Omar Layunta, autor do projeto, o objetivo é repassar pensamentos: de conforto, de entendimento e filosofia sobre a morte. Ele também ressaltou que o Padre Jacinto está em Goiânia em tratamento médico e que veio para fazer uma cirurgia cardíaca, mas no pré-operatório foi diagnosticado com leucemia.

De acordo com Omar, o padre iniciou a quimioterapia e agora está no fazendo transfusão sanguínea e que a melhor maneira que ele encontrou para lidar com a doença é essa situação que é bastante conveniente a ponto de amenizar o sofrimento e a filosofia da morte, pois assim pode falar e pensar a vida.

A palestra é gratuita, com vagas limitadas e deve ser confirmada a presença pelo WhatsApp (62) 9844-4228, canal em que se pode também obter mais informações. Faça sua inscrição aqui!

Por: Morgana Kelly

Igreja: Arquidiocese de Goiânia realiza Missão Finados e celebra missas por todos os fiéis defuntos

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Este ano, devido ao pedido de vários bispos, por conta da pandemia, a Penitenciaria Apostólica decretou a prorrogação das Indulgências Plenárias para todo o mês de novembro.
  • Ela acontece no setor Coimbra, na paróquia São Judas Tadeu com o tema: “São Judas Tadeu, testemunha da missão.”
  • Os fiéis poderão acompanhar a programação das celebrações nos cemitérios dos Vicariatos.

Este ano, devido ao pedido de vários bispos, por conta da pandemia, a Penitenciaria Apostólica decretou a prorrogação das Indulgências Plenárias para todo o mês de novembro. A indulgência é a anulação das penas devidas pelos pecados cometidos e que já foram perdoados na confissão.

Diante disto, a Arquidiocese de Goiânia realiza, todos os anos, a Missão Finados. A ação preparada pela Pastoral da Esperança divide grupos de servos pelos cemitérios com o objetivo de levar esperança, apoio e conforto para aqueles que vão visitar os túmulos de seus entes queridos.

Segundo o coordenador da Pastoral da Esperança, diácono Dino Magalhães, a Missão Finados 2021 também tem o objetivo de rezar por aqueles que não são lembrados. O padre Walmir Garcia missionário redentorista, ressaltou também que a Arquidiocese de Goiânia vai celebrar missas por todos os fiéis defuntos respeitando todas as normas sanitárias, apresentadas nos decretos municipais.

Os fiéis poderão acompanhar a programação das celebrações nos cemitérios dos Vicariatos.

No Vicariato Leste, no Cemitério Santana com missa, às 9h e às 15h. No Vicariato de Senador Canedo vai acontecer as missas, às 9h e às 15h no Cemitério Parque Memorial de Goiânia, no Cemitério Municipal Vale da Paz, no Cemitério Municipal de Senador Canedo e no Cemitério Municipal Bela Vista.

No Vicariato de Campinas, no Cemitério Parque às 9h e às 15h.

No Vicariato Oeste, no Cemitério Municipal Jardim da Saudade.

No Vicariato de Trindade, no Cemitério Municipal Trindade, no Cemitério Jardim da Paz de Guapó e no Cemitério Municipal Campestre.

No Vicariato de Inhumas, os Cemitérios São Judas Tadeu e Santana em Inhumas e em Itauçu, os Cemitérios São Benedito e Campo da Paz, em Santo Antônio de Goiás, o Cemitério Mundial Jardim da Paz, e os respectivos cemitérios Municipais, de Araçu, de Caturaí e de Goianira.

No Vicariato Aparecida de Goiânia, os cemitérios: Central Aparecida de Goiânia, Municipal Jardim da Esperança e o Jardim da Paz.

No Vicariato de Silvânia, o Cemitério Municipal Morada da Saudade na Gameleira, o Cemitério Municipal em Leopoldo de Bulhões, o Cemitério Municipal em Cristinópolis, o Cemitério São Francisco de Assis em Vianópolis, o Cemitério Municipal em São Miguel do Passa Quatro e o Cemitério Municipal em Bonfinópolis.

Por: Morgana Kelly

Arquidiocese de Goiânia: Novena de São Judas Tadeu é celebrada nesta semana

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Em Goiânia, está sendo celebrada durante esta última semana de outubro, entre os dias 18 e 28, a novena de São Judas Tadeu.
  • Ela acontece no setor Coimbra, na paróquia São Judas Tadeu com o tema: “São Judas Tadeu, testemunha da missão.”
  • A Paróquia, por intermédio de suas redes sociais, agradeceu a participação na novena.

Em Goiânia, está sendo celebrada durante esta última semana de outubro, entre os dias 18 e 28, a novena de São Judas Tadeu que acontece no setor Coimbra, na paróquia São Judas Tadeu com o tema: “São Judas Tadeu, testemunha da missão.”

Com abertura no dia 18, o início da novena, no dia 19 de outubro, teve a bênção dos empresários e empreendedores. No segundo dia da novena foi pedida a intercessão do padroeiro sobre os profissionais da saúde e enfermos, com a celebração do Frei Lourenço Papim. No terceiro dia em louvor a São Judas Tadeu houve a benção dos terços e da família com o celebrante Padre Welinton Silva.

No quarto dia se pediu a intercessão de São Judas Tadeu pelos impossíveis, no quinto dia foi a inspiração para que todos sejam solidários com os irmãos. No sexto dia a intercessão foi sobre todos os dizimistas e missionários.

No sétimo dia de novena em louvor a São Judas Tadeu, Frei Weder esteve celebrando e a benção foi das chaves de casa e dos carros e no oitavo dia quem celebrou foi o reitor do Santuário-Basílica Sagrada Família, o Padre Rodrigo de Castro.

E nesta quinta-feira, 28 de outubro, nono dia, o pároco Frei Paulo Cantanheide ressaltou que a festa de São Judas Tadeu inicia a programação ás 6h com a missa da Alvorada Festiva e café da manhã comunitário, ás 12h haverá Celebração da Eucarística e ás 19h acontecerá a grande Missa Solene em honra a São Judas Tadeu.

A Paróquia, por intermédio de suas redes sociais, agradeceu a participação na novena, em especial a todas as equipes que estiveram servindo: os ministros de eucaristia, os acólitos, a equipe de liturgia, a comunicação, a ornamentação e a todos que zelam da paróquia para que tudo aconteça da melhor forma possível.

Por: Morgana Kelly

CNBB Regional Centro-Oeste: Dioceses divulgam mensagens para o Dia Mundial das Missões

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Junto à mensagem do Papa para o Dia Mundial das Missões, foram apresentadas também algumas mensagens de dioceses que pertencem a CNBB Regional Centro-Oeste.
  • Na Diocese de Goiás neste mês missionário se está refletindo a temática que Jesus Cristo é missão.
  • A Diocese de Uruaçu fez um convite para que todos sejamos como um missionário ajudando outros missionários.

Celebrado anualmente no penúltimo domingo de outubro, o Dia Mundial das Missões, foi recordado pelo Papa Francisco, com gratidão a todas as pessoas que, com o seu testemunho de vida, ajudam a renovar o compromisso batismal de apóstolos generosos e jubilosos do Evangelho.

Junto à mensagem do Papa para o Dia Mundial das Missões, foram apresentadas também algumas mensagens de dioceses que pertencem a CNBB Regional Centro-Oeste.

Na Diocese de Goiás, o bispo diocesano Dom Jeová Elias, no dia 24 de outubro ressaltou que neste mês missionário se está refletindo a temática que Jesus Cristo é missão, cuja inspiração bíblica é “Não podemos deixar de falar sobre o que vimos e ouvimos”, ele pediu que as comunidades contribuam cada vez mais com a obra missionária em todo o mundo, anunciando a boa notícia do Reino.

Ele ressaltou também que não se deve reter o Senhor e a vida oferecida por Ele somente para alguns. Explicou que o missionário atualiza a ação de Jesus anunciando o Reino e contribuindo na transformação da sociedade para que esta casa comum seja lugar de relações mais humanas e mais respeitosas. Para ele, sair em missão é fazer como Jesus: ir ao encontro das pessoas, tocá-las, transformá-las e deixar-se transformar, pois a evangelização é ato vital: deve infundir, criar, promover e defender a vida.

E a Diocese de Uruaçu, por intermédio do Padre Tiago Alvarino, pároco da Paroquia Nossa Senhora das Graças fez um convite para que todos sejamos como um missionário ajudando outros missionários a continuarem a animação missionária em diversos países, inclusive no Brasil.

Por: Morgana Kelly

Diocese de São Luís de Montes Belos: Religiosos Passionistas celebraram a festa de seu fundador

Tempo de Leitura: 1 minuto

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Na última semana, segundo informações da Diocese de São Luís de Montes Belos, foi celebrada a Santa Missa festiva na Paróquia Santa Cruz.
  • Os religiosos passionistas celebraram a festa de seu fundador, São Paulo da Cruz.
  • Os Passionistas de Goiás aproveitaram a oportunidade e agradeceram a Diocese de São Luís de Montes Belos pela comunhão celebrada.

Na última semana, segundo informações da Diocese de São Luís de Montes Belos, foi celebrada a Santa Missa festiva na Paróquia Santa Cruz, presidida por Dom Lindomar Rocha e concelebrada por vários religiosos passionistas e padres diocesanos.

Os religiosos passionistas celebraram a festa de seu fundador, São Paulo da Cruz. A comunidade paroquial também participou da Solene Celebração. Segundo os Passionistas, São Paulo da Cruz também conhecido como Paulo Francisco Danei nasceu em Ovada, uma pequena cidade na região italiana do Piemonte. Foi o primeiro de 16 filhos, que alegrava a casa de uma família de origens nobres, mas com dificuldades econômicas.

Desde criança, ele demonstrou grande interesse pela religião: tinha uma fé sólida, que nutria com a participação diária da Missa, a frequência dos Sacramentos e a prática contínua da oração, mas para ajudar a família, começou a trabalhar com o pai, cuja profissão não o satisfazia. Sua vocação era outra.

Eles informaram também que São Paulo da Cruz contemplando o amor de Deus por nós, que deixou seu Filho morrer pelo mundo, fundou a congregação dos religiosos Passionistas. Ele quis que os religiosos fossem, no mundo, aqueles que propagassem essa loucura de Deus pelos homens.

Paulo da Cruz ensinou que todos deveriam saber que na Cruz de Cristo está o remédio para todos os males do mundo, e que nela se manifestou e manifesta a maior prova do amor de Deus pelos homens. Essa história já está completando trezentos anos neste tempo.

Os Passionistas de Goiás aproveitaram a oportunidade e agradeceram a Diocese de São Luís de Montes Belos pela comunhão celebrada.

Por: Morgana Kelly

1 2 3 156